@ Dis-cursos





Translate

02 maio 2009

Outono

Outono

Destes que inundam de claridade todas as coisas. E, começa o dia com a beleza da manhã sobre a janela, felizes em recuperar a luminosidade misteriosa desta estação, derramando-se pelas ruas sem cerimônias: os vermelhos e ocres de infinitas misturas. Cores, muitas cores : - deslumbrando todos os contornos misteriosos dos telhados, das paredes, descendo pelas ruas e calçadas, acoplando-se nos topos das árvores, fazendo do dia um cenário de cartão postal, destes que compramos em outros lugares quando viajamos.

Beleza de outono. Tornando nítido o que no verão não temos tempo de ver, por ser talvez uma pausa das chuvas, do tempo úmido e, sempre nublado, deste nosso confuso clima tropical.
Eu adoro toda essa claridade , é como uma vitrine de teatro, onde as luzes estão bem equilibradas, ampliando o espaço do céu, revertendo uma temperatura mais agradável. E, para brindar esse dia de outono, ouço Beethoven, um adágio deslumbrante para violino, que combinou perfeitamente com todos esses dourados explícitos no ar.
Não poderia ser melhor: adágio allegretto, dando forma sensual as linhas do entardecer com esta cor de açafrão.
Lentamente, fui saboreando... como quem saboreia na paleta, meu abstrato gosto de outono.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
texto e foto: Ju Gioli
~~~~~~~~~~~~~~


10 comentários:

Eduardo P.L disse...

Também gosto do Outono! E suas cores!

Maria Augusta disse...

Linda esta composição coom as cores do outono nas regiões temperadas...é minha estação do ano favorita aqui!
Beijos.

Selena Sartorelo disse...

O verão é dia na lembrança.
Procura sombra
frescor e proteção.
Uma alegria
em intenso movimento.

O amanhecer é primavera
como a delicadeza do olhar
O desejo da criação compartilhar.

O anoitecer é inverno na razão
Um cuidado corajoso
Um perigo medroso

O outono no entardecer
é percepção do sentido
e da emoção
Adágio sentimento
O nascer do pensamento
Esse momento.

O tempo de cada estação
A temperatura na cor
O momento em vibração
O resnacimento do som
O descobrimento do tom

A desconstrução
o fluir em natural
evolução
um ser de abstração
necessária explicação

O descomplicar
na maneira peculiar
da vida enxergar.

beijos Ju e bom final de semana.

sonia a. mascaro disse...

Imagem e texto muito bonitos, Ju! Também adoro as cores do outono.

Obrigada por sua participação no Ecological Day.
Bjs.

claudio boczon disse...

açafrão e Beethoven
tempero huomogênio

Mírian Mondon disse...

Que lindo texto Ju! Um brinde ao outono na sua exuberancia eletrizante! Aqui nas montanhas o outono parece um incendio as vezes, nunca vi nada igual ao outono dessas bandas de cá, a luminosidade é escandalosamente bela! Voce escolheu muito bem sua música, nada como um violino calmo e feliz para festejar essas cores quentes!

Parabens Ju!

cirandeira disse...

Olá Ju, muito original a sua postagem. E belíssima, ainda mais, porque vem acompanhada de um bom texto e de Beethoven.Mas, vindo de uma artista de tamanha grandeza...!
Um abraço

JMV disse...

Lindíssimo post.A imagem contém exactamente os tons do texto.

um abraço

Cris disse...

Magnifica foto, adorei!!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

@@@@@@ Blogs

Anotações diárias